Você namora alguém que tem filhos ?


Coloque uma coisa na sua cabeça: Os filhos desta pessoa vieram antes de você. Conheceram ele primeiro. E são para sempre. Se você não gosta dos filhos de quem está contigo, acha que eles são mal educados, espaçosos, ou não suporta quando eles estão com vocês CAIA FORA. Vá procurar alguém que não tenha filhos. Simples! Primeiro porque as crianças não tem culpa da mãe ou do pai terem escolhido uma nova pessoa (no caso você) para namorarem. Pode ter certeza, que para eles também deve ser bastante difícil, a ideia de que seu pai ou sua mãe, esteja conhecendo e se relacionando com alguém que não é o pai ou a mãe deles. TODA CRIANÇA espera que um dia seus pais voltem e fiquem juntos, vivendo e morando na mesma casa. Você não precisa tornar isso mais difícil, ok? Se você está com uma pessoa que tem filhos, esteja não só porque ama esta pessoa mas porque você pegou um carinho muito grande pelas crianças também. É tão gostoso quando se cria uma afinidade, ao ponto de esperar pelo dia em que estarão todos juntos, para jogarem o colchão no chão da sala, para ficar ali, todos esparramados, assistindo filmes, jogando video game, comendo supérfluos. É tão bom viajar todo mundo junto, ficar batendo foto com cada boneco da cidade, parar no banheiro do shopping e tirar fotos no espelho. Você acaba voltando um pouco a ser criança e quando vê, já está pedindo pra levar eles para dar uma volta nas lojas do centro porque acha divertido tudo aquilo. Vocês tem que saber separar o tempo de vocês com o tempo quando estão com as crianças. Quando estiverem todos juntos, quem manda são eles! Vocês tem que fazer a vontade dos pequenos, sugira passeios onde ache que eles vão gostar, se divertir, deixa eles escolherem o sabor da pizza, mesmo se você for mais chegado na de Portuguesa ou Atum e principalmente deixe eles dormirem com o pai ou a mãe deles se eles quiserem naquele dia, afinal de contas você terá outros dias para isso. Aproveite ao máximo, porque até as crianças crescem e um dia nem vão querer mais estar junto com vocês e aí você vai acabar sentindo falta das bagunças que faziam quando estavam juntos. E se você não curte nada disso, acha que tudo isso é muito bonitinho na teoria mais um saco na prática, CAIA FORA, termine, arrume alguém que ainda não tenha filhos. Não fique com uma pessoa sem gostar do pacote dela e jamais com alguém que não goste do seu. Nem com alguém que deixa claro que atura tudo aquilo por tua causa. A pessoa tem que gostar de estar ali, gostar de tudo aquilo. Terão dias mais difíceis, terão vezes que eles terão problemas ou trarão problemas como toda criança e todo adolescente. E quando isso acontecer, lembre-se que você também já teve esta idade. Dê seu apoio, ajude no que for necessário mas lembre-se: os filhos não são seus! Não tente educar, nem falar o que tem ou o que não tem que ser feito. Quem tem que saber isso é a pessoa que está contigo e a respectiva mãe ou pai da criança, não você. Fique na sua e espere as coisas voltarem ao normal. Lembre-se que as crianças podem ficar doentes, podem querer estar com vocês no natal ou podem precisar de vocês durante a madrugada. Esteja pronta para tudo. Sempre. Os trate com o mesmo carinho como se fossem seus filhos também, mas saiba que eles não são, então saiba o limite, até onde você pode ir para não criar briga com ninguém. Os filhos sempre estarão em primeiro lugar. Os teus, os deles, os de vocês.

Anúncios

Deixe seu comentário com um e-mail válido para que você possa receber uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s